barra gospel

Que ninguem nos engane

Que ninguem nos engane

cuty minha fan page

2/27/2016

bíblia-evangelica1. O QUE É A BÍBLIA?

A Bíblia é a revelação da verdade à humanidade. Ela mostra a realidade do pecado, o plano de Deus para salvar o homem e a sua plena vontade para a nossa vida. A Bíblia não pretende de forma alguma provar a existência de Deus. Em Salmos 97.6 lemos assim: “Os céus anunciam a sua justiça, e todos os povos vêem a sua glória.” (Salmos 97.6) Crer é o meio que Deus estabeleceu para sermos salvos. Jesus se expressou assim: “Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.” (Marcos 16.15,16) 

2. O AUTOR DA BÍBLIA

Deus é o autor da Bíblia; sobre Ele está escrito: “Ele é a Rocha, cuja obra é perfeita, porque todos os seus caminhos justos são; Deus é a verdade, e não há nele injustiça; justo e reto é.” (Deuteronômio 32.4) Partindo desta fiel declaração, podemos afirmar que:

2.1 A Bíblia é a verdade

Já que Deus é a verdade, não há erros nem contradições em sua Palavra. Ela é, portanto digna de toda confiança. Assim está escrito:
“A lei do Senhor é perfeita, e refrigera a alma; o testemunho do Senhor é fiel, e dá sabedoria aos simples.” (Salmos 19.7)
“O temor do Senhor é limpo, e permanece eternamente; os juízos do Senhor são verdadeiros e justos juntamente.” (Salmos 19.9)
“O caminho de Deus é perfeito; a palavra do Senhor é provada; é um escudo para todos os que nele confiam.” (Salmos 18.30)

2.2 A Bíblia é inspirada por Deus

Os escritores da Bíblia embora em culturas e idiomas diferentes; lugares e épocas também diferentes, todos escreveram sem nenhuma contradição. Deus supervisionou os escritores da Bíblia de modo que eles escreveram o que Ele tinha em mente. A bíblia declara:
“Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo.” (2 Pedro 1.21)
“Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça; Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra.” (2 Timóteo 3.16)

2.3 O tema central da Bíblia é Cristo

Ao longo da Bíblia Deus revela seu plano para salvar a humanidade. Um resumo básico da Bíblia seria: A criação do mundo, a corrupção do mundo e a redenção do mundo. Cristo como Salvador da humanidade ocupa o centro das Escrituras. Ele disse:
“Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam.” (João 5.39)
“Porventura não convinha que o Cristo padecesse estas coisas e entrasse na sua glória? E, começando por Moisés, e por todos os profetas, explicava-lhes o que dele se achava em todas as Escrituras.” (Lucas 24.26,27)
O apóstolo Paulo também escreveu sobre Cristo:
“O qual se deu a si mesmo por nossos pecados, para nos livrar do presente século mau, segundo a vontade de Deus nosso Pai.” (Gálatas 1.4)
“Porque primeiramente vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras.” (Coríntios 15.3)

2.4 A Bíblia revela o que é certo e o que é errado

No Antigo Testamento os sacerdotes tinham a responsabilidade de ensinar a verdade ao povo de Israel. Em Ezequiel 44.23 lemos assim: “E a meu povo ensinarão a distinguir entre o santo e o profano, e o farão discernir entre o impuro e o puro.”Então aBíblia fala sobre o caminho da vida e os caminhos da morte, o estilo de vida do homem justo e o estilo de vida mundano, daquele que serve a Deus e daquele que não o serve. Um verdadeiro filho de Deus leva em conta os princípios da Palavra de Deus em sua vida. Veja os textos abaixo:
“Como filhos obedientes, não vos conformando com as concupiscências que antes havia em vossa ignorância; mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver, porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo. (1 Pe 1.14-16)
“Como purificará o jovem o seu caminho? Observando-o conforme a tua palavra.” (Salmo 119.9)
“Escondi a tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti.” (Salmo 119.11)

3. A ESTRUTURA DA BÍBLIA

A Bíblia se divide em duas partes: Antigo e Novo Testamento (AT/NT) A palavra Testamento significa “aliança”, “pacto”. O Antigo Testamento (Antiga Aliança) foi celebrado entre Deus e o povo de Israel.(os judeus) O Novo Testamento (Nova Aliança) foi celebrado entre Deus e sua a igreja. (no sangue de Jesus). O Antigo Testamento trata da promessa de enviar o Salvador (Messias) ao mundo através de Israel. O NT trata do cumprimento desta promessa. Em outras palavras: no Antigo Testamento o “Messias virá.” No Novo Testamento o “Messias já veio” Cristo ao ressuscitar dentre os mortos nos deixou outra promessa: Ele voltará a qualquer momento para levar para si aqueles que viveram na terra segundo sua Palavra.

4. PORQUE DEVEMOS LER A BÍBLIA?

4.1 Ela é a Palavra viva de Deus

Deus usa a Sua Palavra para falar conosco quando a lemos com reverência e humildade.
“Quando caminhares, te guiará; quando te deitares, te guardará; quando acordares, falará contigo.” (Provérbios 6.22)
“Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.” (Hebreus 4.12)

4.2 Ela é o alimento para nossa alma

“E Jesus lhe respondeu, dizendo: Está escrito que nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra de Deus.” (Lucas 4.4)
“O espírito é o que vivifica, a carne para nada aproveita; as palavras que eu vos disse são espírito e vida.” (João 6.63)
“Propondo estas coisas aos irmãos, serás bom ministro de Jesus Cristo, criado com as palavras da fé e da boa doutrina que tens seguido.” (1 Timóteo 4. 6)

4.3 Ela nos proporciona conforto e paz

“Porque tudo o que dantes foi escrito, para nosso ensino foi escrito, para que pela paciência e consolação das Escrituras tenhamos esperança. Ora, o Deus de paciência e consolação vos conceda o mesmo sentimento uns para com os outros, segundo Cristo Jesus.” (Romanos 15.4,5)
“Achando-se as tuas palavras, logo as comi, e a tua palavra foi para mim o gozo e alegria do meu coração; porque pelo teu nome sou chamado, ó Senhor Deus dos Exércitos. (Jeremias 15.16)
“Os preceitos do Senhor são retos e alegram o coração; o mandamento do SENHOR é puro, e ilumina os olhos.” (Salmos 19.8)

4.4 Ela dirige nossos passos

“Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho.” (Sl 119.105)
“Porque o mandamento é lâmpada, e a lei é luz; e as repreensões da correção são o caminho da vida” (Provérbios 6.23)
“Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus.” (Mateus 22.29)

4.5 Ela é nossa arma de ataque e de defesa contra Satanás

“Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a Palavra de Deus” (Efésios 6.17)
“Toda a Palavra de Deus é pura; escudo é para os que confiam nele.” (Provérbios 30.5)

4.6 Ela é proporciona nosso crescimento na graça e no conhecimento de Cristo

“Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém.” (2 Pedro 3.18)
“Desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, para que por ele vades crescendo. Se é que já provastes que o Senhor é bom” (1 Pedro 2. 2,3)

4.7 Ela é nos capacita a falar a verdade

“Se alguém falar, fale segundo as palavras de Deus; se alguém administrar, administre segundo o poder que Deus dá; para que em tudo Deus seja glorificado por Jesus Cristo, a quem pertence a glória e poder para todo o sempre. Amém.” (1 Pedro 4.11)
“Antes, santificai ao Senhor Deus em vossos corações; e estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a qualquer que vos pedir a razão da esperança que há em vós” (1 Pedro 3.15)

5. MANUSEANDO A BÍBLIA

O nome dos livros da Bíblia podem aparecer por extenso ou abreviados. Exemplos: Jo (João) Gn (Gênesis ); Lc (Lucas); Sl (Salmos). Observe abaixo como é feito a leitura de uma referência bíblica:
  • Lc 1.8 – Lucas capítulo um, versículo oito (ou Lucas capítulo um, verso oito)
  • Ap 3.4,5 – Apocalipse capítulo três, versículos quatro e cinco.
  • Fp 3.4-7 – Filipenses capítulo três, versículos quatro a sete.
  • Mc 8.15, 20, 38 – Marcos capítulo oito versículo quinze, vinte e trinta e oito.
  • Mc 8.15, 20–38 – Marcos capítulo oito versículo quinze, vinte ao versículo trinta e oito.
  • Jo 2.7; 8.10 – João capítulo dois verso sete e capítulo oito versículo dez (o ponto e vírgula separa os capítulos de um mesmo livro)
  • Jó 42.5 – Jó capítulo quarenta e dois versículo cinco.
  • Fm 9 – Filemom versículo nove(Há livros que só possuem um capítulo, neste caso só citamos os versículos. Outros livros que possuem apenas 1 capítulo: 2 João, 3 João e Judas)
  • 3 Jo 3–5 –Terceira de João versículos três a cinco.
  • Jo 10.10a – João capítulo 10 versículo 10 parte a
  • Jo 10.10b – João capítulo 10 versículo 10 parte b
OBS: Também se usa dois pontos ( : ) para separar o capítulo dos versículos: Veja o exemplo:Lc 1:8

6. A APLICAÇÃO DA BÍBLIA

A Bíblia deve ser lida não para acumularmos conhecimentos, mas para que nossa vida seja transformada. Ela revela o caráter de Deus, logo uma leitura atenciosa com disposição para a obediência nos proporcionará uma mudança radical em nosso caráter. Isto se chama santificação. Então é conveniente quando estivermos lendo uma porção das Escrituras perguntarmos a nós mesmos:
  • Há neste texto alguma ordem que devo obedecer?
  • Há neste texto algum exemplo que devo seguir?
  • Há neste texto algum pecado que devo abandonar ou evitar?
  • Há neste texto alguma promessa que se aplica a mim?
“A Bíblia é uma mina de diamantes, um colar de pérolas, a espada do espírito; um mapa pelo qual o cristão navega para a eternidade; o roteiro pelo qual anda todos os dias; o relógio pelo qual acerta sua vida; a balança com a qual pesa suas ações.” (Thomas Watson)
“Por esta razão, pois, te admoesto que reavives o dom de Deus que há em ti pela imposição das minhas mãos.” (2 Timóteo 1.6)

Veja abaixo a série de Estudos Discipulado:

2 Coríntios 4.13

A Palavra de Deus Muda as Coisas

Tendo, porém, o mesmo espírito da fé, como está escrito: Eu cri; por isso, é que falei. Também nós cremos; por isso, também falamos,
2 Coríntios 4.13
Deus criou com palavras tudo o que vemos. Deus disse: “Haja luz” e houve luz. Hebreus 11.3 diz que tudo que é visível foi criado a partir do invisível. Deus tem bênçãos estocadas para você no reino espiritual que você não pode não estar experimentando, mas elas existem.
Diga palavras positivas hoje e chame todas essas coisas que não são (que são invisíveis) em sua vida (veja Romanos 4.17). Se enfrentar algum problema hoje, diga: “Meu problema é temporário. A Palavra de Deus diz que sou mais que vencedor por causa do amor de Cristo por mim. Embora ainda não veja as respostas, Deus providenciará tudo de que necessito”.

2/24/2016

TEMA: SOMOS SALVOS PARA SERVIR

TEMA: SOMOS SALVOS PARA SERVIR

INTRODUÇÃO
Vamos estudar hoje: Deus nos salvou e nos fez sacerdotes reais para servi-Lo. Devemos vigiar o nosso coração para servir a Deus. Conhecer mais de Deus para servi-Lo. Viver sempre servindo a Deus como Ele quer: com alegria, louvor, gratidão, prazer, firmeza e constância. Servir a Deus é um grande privilégio e é uma grande benção para nós.

1) DEUS NOS SALVOU PARA SERVI-LO
Em Mal. 1:6-7 diz: “O filho honrará o pai, e o servo ao seu senhor: e se Eu sou o Pai, onde está a minha honra? e se Eu sou o Senhor onde está o meu temor? Diz o Senhor dos Exércitos"... Todas as coisas foram criadas por Deus, tanto as do Céu como as da Terra. Deus quer ser glorificado, adorado e servido por todas as coisas que Ele criou (Sal. 148:1-14).
Deus quer que nós O honremos e temamos. Temor significa respeito, reverência e reconhecimento do que Deus realmente é. Deus criou o Homem santo, puro e sem pecado. Deus deu ao Homem o domínio sobre tudo o que há em toda a face da Terra (Gen. 1:26-28), pois o Homem é a obra-prima e a coroa da criação de Deus.
Diante de tamanha benção que o Homem recebeu, Deus esperava ser servido e adorado pelo Homem. Este Homem, todavia, desviou-se deste ideal, desobedeceu a Deus e degenerou-se. Deus, em seu incomparável amor, operou em nós a fé, para crermos na obra redentora de Cristo no Calvário. Assim, salvou-nos para servi-Lo.
E, para que possamos servi-Lo ainda melhor, colocou em nosso espírito o Seu Espírito Santo, como um selo, que é o penhor ou a garantia da nossa salvação eterna (Ef. 1:13-14; 2a Cor. 1:22). Deus quer ser servido, louvado e adorado por cada um de nós. Devemos servi-Lo com pureza de coração e santidade de vida. Essa é a razão da nossa existência neste Mundo. Temos uma dívida de serviço, louvor e adoração para com Deus (Isaias 44:21-2243:7 e v. 21; Sal. 29:2).

2) DEUS NOS FEZ SACERDOTES REAIS
sacerdoteSomos embaixadores de Cristo na Terra (2a Cor. 5:20), isto é, somos sacerdotes do Rei Jesus. Todo salvo já é um sacerdote, porque Deus nos fez sacerdotes reais para servi-Lo. Três são as principais funções do sacerdote: (A) apresentar o povo a Deus em oração. (B) interceder, suplicar, pedir pelo povo. (C) alimentar espiritualmente o povo, ensinar a Palavra, (apascentar), etc...
Recebemos um ministério sacerdotal ou sacerdócio real, cuja finalidade é anunciar a virtude ou o poder de Deus, para que outros também recebam a mesma benção que nós recebemos. Somos, portanto, participantes do Reino de Deus, sacerdotes do Rei eterno, o Rei da Glória, salvos por Cristo para servir ao seu Reino.
Porém é necessário que Cristo reine primeiro em nós, para então, Cristo reinar através de nós, e isto é para nós um grande privilégio (Luc. 12:31-32; 1a Ped. 2:9).

3) VIGIEMOS O CORAÇÃO PARA SERVIR A DEUS
A Bíblia nos ensina que os nossos caminhos, atitudes e decisões, mesmo que pensemos serem exclusivamente nossos, não o são. Se alguém não quer servir a Deus, estará, mesmo que não queira, servindo a si mesmo, ao pecado e ao Diabo, ainda que inconscientemente. Se nos achegarmos a Deus, fazendo-Lhe a vontade, servindo-O e adorando-O, Deus nos influenciará a tomarmos as boas decisões e a vivermos nos seus bons caminhos. Então seremos abençoados.
Se, porém, quisermos viver segundo a nossa própria cabeça ou coração, tomaremos decisões e seguiremos caminhos contrários à vontade de Deus. Seremos ‑ mesmo sem querer – influenciados pelo pecado e pelo Diabo. Isto certamente nos trará muitos males e grandes sofrimentos.
Somos influenciados em tudo. Nós não podemos ficar neutros. Mesmo que alguém diga que é dono do seu nariz e faz o que quer, a Bíblia nos ensina que não somos donos de nós mesmos, mas somos propriedade exclusiva de Deus. A Bíblia diz que somos servos daquele a quem nos apresentarmos. Se nos apresentarmos a Deus, seremos servos de Deus, mas se não quisermos ser servos de Deus, estaremos servindo automaticamente ao pecado, até mesmo inconscientemente.
Por isso, vigiemos sempre o nosso coração para que ele não nos engane, achegando-nos sempre a Deus e servindo-O, estudando a Bíblia e orando (Prov.4:237:2-320:2428:26Jeremias 10:2317:9;Lucas 21:34Rom. 6:16-18).

4) CONHEÇA MAIS DE DEUS PARA SERVI-LO
adorarDevemos nos esforçar para conhecer mais de Deus, estudando a Bíblia todos os dias, lendo primeiro o Novo Testamento e a seguir o Antigo. Depois disto, devemos iniciar o estudo dos versículos, podendo usar as referências do rodapé.
É bom adquirir uma concordância bíblica completa e um bom dicionário bíblico. Isto facilitará muito a localização dos versículos correlatos, (isto é, que tratam do mesmo assunto) porém, abordando-o de forma diferente.

Estudo da Bíblia, vida de oração, Escola Dominical e os cultos da Igreja devem ser o ponto alto de nossa vida. Dessa forma, rapidamente conheceremos mais de Deus, conforme o exemplo do estudo sistemático da Bíblia, que nos dá essa figura. Então Deus aumentará a nossa fé, e sobre a fé acrescentará: virtude, ciência, temperança, paciência, piedade, amor fraternal e caridade. Desta forma não ficaremos ociosos no conhecimento de Deus nem no servi-Lo (Rom. 10:17; Sal. 1:1-6; 2aPed. 1:2-9).

5) VIVA SEMPRE SERVINDO A DEUS
É necessário vigiar o nosso modo de viver em todas as áreas. Na vida familiar, no trabalho, com os vizinhos, etc., que tudo esteja compatível com o Evangelho de Jesus Cristo. E, sempre que possível, devemos anunciar aos outros as nossas experiências com o amor e o poder de Deus (Atos 5:42Marc. 5:19). Participar dos cultos ao ar livre, distribuir folhetos, visitar hospitais, orar pelos doentes, convidar pessoas para virem à Igreja, etc... Se fizermos assim, Deus nos abrirá os olhos espirituais e nos dará sabedoria, discernimento e direção para que não erremos (Rom. 8:14). Essa figura nos suge-re pré-disposição para ser-virmos a Deus. Amém.

6) SIRVA A DEUS COMO ELE QUER
Em 1a Cor. 9:16-17 Paulo diz: se anuncio o Evangelho de boa vontade terei galardão; mas, se de má vontade, apenas uma dispensação me é confiada. No livro de Jonas, vemos que Deus cumpriu a Sua Palavra, salvando, pela pregação de Jonas, 120 mil pessoas que se arrependeram, na cidade de Nínive. Porém Jonas perdeu o galardão porque o fez de má vontade.
Assim, em todas estas coisas e outras mais, devemos sempre servir a Deus como Ele quer: servir com alegria, louvor, prazer, regozijo, gratidão; e ainda com boa vontade, firmeza, constância e abundância, e Ele nos recompensará (Sal. 100Sal. 37:4 e v. 7; Filip. 4:4; Col. 3:15; 1a Cor. 15:58). Não vivamos inquietos nem ansiosos, porque Jesus cuida de nós (Filip. 4:6; 1a Ped. 5:7). Descansemos em Cristo, servindo-O todos os dias e em todas as áreas da nossa vida. Amém.
7) SERVIR A DEUS É UMA BÊNÇÃO
Em Mal. 3:18 está escrito: “Então vereis outra vez a diferença entre o que serve a Deus e o que O não serve.” Assim aconteceu no Dilúvio, em Sodoma e Gomorra e na passagem pelo Mar Vermelho, quando Deus salvou aqueles que O serviam. Porém os que não serviam a Deus foram destruídos. Essa diferença terrível vai acontecer outra vez.
Em breve, Jesus vem arrebatar os que servem a Deus. E os que O não servem receberão todos os juízos e flagelos do Apocalipse. O fato de alguém não querer servir a Deus já é um pecado. No entanto, servir a Deus é um privilégio e uma grande benção.
servirServindo a Deus, seremos o sal da Terra e a luz do Mundo. Cristo brilhará através de nós. A Terra será temperada com o sal da Palavra de Deus e sarará (Mat. 5:13-16). A Nação que não quer servir a Deus sofre terrivelmente (Juizes 10:6-10 e v.16; 11:29 e v. 33). “Bem-aventurada é a Nação cujo Deus é o Senhor” (Sal. 144:15; 33:12). Deus promete retirar de nós as enfermidades e nos dar fartura se O servirmos (Êxodo 23:25). Servir a Deus nos fará amigos íntimos e estreitados d'Ele (João 12:2614:23; 15:15-16 e v. 20). Todos nós temos necessidade de servir a Deus. Somos salvos para servir e isso é muito bom para nós. Amém.

A) APELO
 Este estudo aplica-se mais aos salvos. Se alguém, no entanto, ainda não nasceu de novo e não tem certeza da salvação, arrependa-se e creia pela fé que os seus pecados crucificaram Jesus. Creia que Cristo já recebeu na cruz o castigo que você merecia, e receba hoje pela fé o perdão e a salvação (Romanos 3:20 e v. 28; Efésios 2:8-9; Isaias 53:4-6).

CONCLUSÃO
Deus nos salvou e nos fez sacerdotes reais para servi-Lo. Devemos vigiar o nosso coração. Conhecer mais de Deus para servi-Lo e não sermos enganados. Nossa vida material deve em tudo ser compatível com a Palavra de Deus. Devemos anunciar aos outros o que Deus já fez em nossas vidas. Convidar pessoas para virem à Igreja. Servir a Deus com alegria e louvor, regozijo e gratidão, firmeza e constância, abundância e boa vontade. Deus promete retirar de nós as enfermidades e nos dar fartura. Todos nós temos necessidade de servir a Deus e isto é um grande privilégio, é uma bênção e nos fará íntimos de Deus. Lembremos sempre que somos salvos para servir. Leia a Bíblia. Comece pelo Novo Testamento e a seguir o Antigo. Amém

2/23/2016

O que eu devo fazer para ser salvo?


Todos nós temos que passar por problemas e sofrimento. A raiz de toda a nossa miséria é o pecado, porque ele nos separa de Deus e traz sobre nós o Seu desagrado.


Além disto, o Dia do Julgamento se aproxima e pecadores estão em perigo do fogo eterno do inferno.

Várias religiões prometem libertação e vida. Todavia, nós não estamos interessados em opiniões humanas porque as Escrituras nos advertem que "pela sua sabedoria o mundo não conheceu a Deus." Ao invés disto, nós deveríamos buscar a mensagem de Deus, registrada para nós em Seu livro, a Bíblia Sagrada. Nós estamos convencidos que pela Escritura podemos chegar a um conhecimento claro da salvação por intermédio da fé em Cristo Jesus. "... conheces as Sagradas Escrituras; elas têm o condão de te comunicar a sabedoria que conduz à salvação pela fé que há em Cristo Jesus." (2 Timóteo 3:15)

Este artigo explica brevemente o plano de salvação de Deus. Leia-o com atenção e ore por iluminação. Somente o Senhor Jesus é capaz de abrir-lhe a mente para entender a Sua Palavra. Não dê descanso à sua alma enquanto você não estiver apto a responder esta questão vital: "O que eu devo fazer para ser salvo?"

Nosso Problema

Muitas pessoas agem como se elas não tivessem necessidade de salvação. Elas se acham satisfeitas como estão. Esta é uma falha grosseira. Alguém pode ser saudável, inteligente, ter bens e amigos. Todas estas coisas acabam. Seu coração não achará descanso antes de conhecer Deus pessoalmente. Somente Nele está a plenitude da alegria. Todos nós precisamos de ser salvos pela simples razão de sermos todos pecadores. Qualquer um de nós carrega um duplo fardo: 1. Má conduta, e 2. Um coração mau.

Má conduta

Deus é o Criador e Senhor de todas as coisas. Desde que Ele nos criou e nos mantém vivos, temos a obrigação de amá-Lo e e adorá-Lo. Mas desde o princípio nós nos rebelamos contra Ele e agimos de acordo com as nossas ambições.

Ofensas tais como mentir e roubar não são meramente dirigidas contra o homem. Acima de tudo, nós recusamos a obedecer a Deus, dizendo com efeito: Embora eu saiba o que é correto na Sua presença, eu voluntariamente o ignoro. Eu faço aquilo que eu quero fazer e não me submeto aos seus mandamentos!

Nós somos tendenciosos a minimizar o pecado e imaginar que não somos tão maus assim. Em última instância, todavia, não podemos desprezar a Deus. "Por teu endurecimento, por teu coração impenitente, acumulas contra ti um tesouro de cólera para o dia da cólera, no qual se revelará o justo juízo de Deus." (Romanos 2:5)

Por favor seja honesto consigo mesmo perante Deus. Você está preocupado com o que Deus tem registrado a seu respeito? Você é culpado de cada palavra maliciosa, cada blasfêmia, cada intriga e engano que saiu de sua boca. Você não está envergonhado de achegar-se maculado com imoralidade e impureza junto daquele que é Santo? Faça um completo exame de consciência; lembre-se de seu passado mau e dos pecados que você continua guardando no coração. Você é culpado de tudo aquilo que fez e falou. Você é tido por responsável, não por mim ou por qualquer outro ser humano, mas por Deus, o Juiz do mundo.

A espada da justiça está sobre a sua cabeça. Assim que Deus desejar, você será convocado para apresentar-se perante o tribunal Dele para prestar conta de todas as suas ações. E sem a salvação Dele você será condenado ao castigo eterno no inferno.

Um coração mau

Além da nossa conduta pecaminosa, temos que encarar outro problema: nós temos um coração mau. Somos miseráveis porque somos aquilo que fazemos. Adão, o primeiro homem, foi criado justo e santo, mas caiu e tornou-se pecador. E da mesma forma que a semente de uma árvore má produz outra árvore também má, assim também, os descendentes de Adão são concebidos no pecado. "... pela desobediência de um só homem, a multidão se tornou pecadora, ..." (Romanos 5:19)

O Senhor Jesus faz referência ao nosso coração corrupto. Ele diz: "De fato, é do interior, é do coração do homem que saem as más intenções, desregramentos, furtos, homicídios, adultérios, cupidez, perversidades, astúcias, inveja, injúrias, vaidade, insensatez" (Marcos 7:21-22). O coração humano é a fonte da qual saem todas as coisas más que nos poluem. Note que Jesus não disse: "Pois é de fora, das pressões da sociedade e de uma educação imperfeita, que procedem os maus pensamentos, adultérios, fornicações e demais coisas." A psicologia moderna afirma que o homem é, basicamente, puro de coração, mas nosso Mestre aponta o coração humano como a fonte de nossa maldade. "Pois é de dentro, do coração do homem," que saem toda a sorte de pecados e iniqüidade.

Podemos nos congratular pelas "boas" obras que fazemos. Mas precisamos entender que mesmo as aparentes ações nobres de uma pessoa que não foi salva, procedem de um coração mau. A Escritura nos adverte: "O coração é falso como ninguém, ele é incorrigível; quem poderá conhecê-lo?" (Jeremias 17:9 Bíblia de Jerusalém) O que você espera que saia de um coração corrupto? Obras boas ou más? Jesus responde, "Colhem-se, porventura, uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos?" Certamente que não!

Não suponha então que você é apto para agradar a Deus. Não pense que você teria poder dentro de si mesmo, se quisesse abandonar seu pecado para obedecer a Deus. Da mesma forma que um verme da terra se esconde da luz e se enterra profundamente no chão, assim o pecador foge do brilho da gloriosa majestade de Deus. Como está escrito: "Não há justo, nem mesmo um só. Não há homem sensato, não há um que procure a Deus" (Romanos 3:10-11). Você nunca virá à Cristo em busca de salvação a não ser que Deus o traga por intermédio da sua graça. "Ninguém pode vir a mim, se o Pai que me enviou não o atrair." (João 6:44)

Eu não ficarei surpreso se você rejeitar estas verdades que te deixam atônito. "Eu não sou mau!" você pode responder, "Admito sim, que tenho cometido alguns erros, mas dizer que eu mereço o inferno é ridículo. Nem creio que eu tenha um coração mau. Eu sou uma pessoa boa. Se eu quiser estou preparado para obedecer a Deus." Esta linguagem comprova a escuridão e engano de seu coração. Qualquer um que fale desta maneira, não está refutando uma opinião humana, mas sim o julgamento de Deus sobre ele.

Amigo, o que você pensa de si mesmo? Você se acha culpado ou não? Você é bom ou mau? Espero que Deus te dê a graça de ser honesto consigo mesmo. Você é completamente dependente de Deus para ter um novo coração e ter sua dívida perdoada.

Esperanças Falsas

O Evangelho é a boa nova para o pecador: "...Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores..." (1 Timóteo 1:15). Mas antes de falarmos a respeito da redenção oferecida por Jesus, precisamos de ser alertados a respeito de certos caminhos que prometem vida, mas que de fato levam à perdição.

Não é pela lei

Um bom número de pessoas acham que serão salvas porque dão o melhor de si para obedecerem aos mandamentos de Deus e fazerem boas obras. Eu tenho feito a várias pessoas a seguinte pergunta: "Quando você se apresentar perante Deus, porque você acha que ele deveria permitir sua entrada no céu?" Em quase todos os casos eu tenho a mesma resposta: "Porque eu tento obedecer aos mandamentos e ajudo meu próximo. O importante é você ser bom na vida."

Se fosse possível para nós sermos salvos por nossos próprios esforços, porque Jesus viria ao mundo? Porque Ele sofreu e morreu? Se fosse possível para nós sermos justificados por nossa própria obediência à Lei de Deus, então Jesus morreu em vão!

Os mandamentos não podem nos salvar pela simples razão de não podermos obedecê-los como devíamos. Pelo contrário, quebramos os mandamentos e testificamos que somos pecadores culpados. A Escritura nos adverte que ninguém será tido como justo aos olhos de Deus pelas obras da Lei. A Lei só pode nos conscientizar de nossa pecaminosidade. "Então a Lei é contra as promessas de Deus? De modo algum! Se tivesse sido dada uma Lei capaz de comunicar a vida, então sim, realmente a justiça viria da Lei. Mas a Escritura encerrou tudo debaixo do pecado, a fim de que a promessa, pela fé em Jesus Cristo, fosse concedida aos que crêem" (Gálatas 3:21-22); "Eis porque ninguém será justificado diante Dele pelas obras da lei; com efeito, a lei dá apenas o conhecimento do pecado." (Romanos 3:20)

Como um espelho, a Lei revela a face suja, mas não pode lavá-la. Se você deseja ser lavado de seus pecados, você deve enxergar que a Redenção não pode ser obtida a partir do Monte Sinai. O perdão só é encontrado no Calvário.

Não é por obras

Nossas boas obras não podem nos qualificar para a salvação. Não podemos compensar nossas más ações contrabalançando-as com nossas boas ações. Nosso débito moral não pode ser pago por fazermos boas obras, penitências ou por participarmos de algum rito religioso. A Escritura ensina que o salário do pecado é a morte, e sem derramamento de sangue não há remissão de pecados.

Além disto, a Escritura afirma que os filhos de Deus são salvos pela graça e não por suas próprias boas obras.

Muitas pessoas pensam erradamente a respeito da graça de Deus. Elas acham que merecem tal graça por intermédio de alguma coisa que elas façam.

Ora, se nós podemos obter salvação por nossos próprios méritos morais, Deus estaria em débito para conosco, pois "Ora, para aquele que realiza obras, o salário não é considerado como uma graça, mas como um débito" (Romanos 4:4). Mas Deus não está em débito para com qualquer pessoa. Deus salva o pecador não por conta de mérito humano, mas simplesmente porque Ele é bom e caritativo. Salvação é um dom gratuito. Se você tivesse que pagar por um presente, então não seria um presente. Graças a Deus, salvação é o dom da graça, e o cristão sempre se orgulha da bondade de Deus.

Eu sempre encontro esta objeção. "Se é assim, então eu não preciso de fazer boas obras pois serei salvo do mesmo jeito." Mas este entendimento é enganador. Ele apenas mostra que o evangelho não foi compreendido como deveria. Os filhos do reino celestial não são salvos "por obras", mas são salvos "para as boas obras". "Com efeito, é pela graça que vós sois salvos por meio da fé; e isto não depende de vós, é dom de Deus. Isto não vem das obras, para que ninguém se orgulhe. Pois é ele quem nos fez; nós fomos criados em Jesus Cristo para as boas obras, que Deus preparou de antemão, a fim de que nelas nos empenhemos." (Efésios 2:8-10). As boas obras de Deus são o propósito e não a causa de salvação. Deus primeiramente salva uma pessoa e dá a ela um novo coração que naturalmente produz mais frutos para a Sua glória.

Para ilustrar: dois homens dão dez dólares por caridade. Aparentemente os dois fizeram a mesma coisa, mas seus motivos eram totalmente diferentes. O primeiro o faz pensando em obter algum mérito para salvação. O segundo sabe o quanto Deus o ama e como conseqüência ajuda aos outros voluntariamente. O primeiro é um fariseu; o segundo é um filho de Deus.

Nenhum outro nome

Sem hesitar o apóstolo Pedro afirma que Jesus Cristo é o único Salvador: "Não há nenhuma salvação a não ser Nele; pois não há sob o céu nenhum outro nome oferecido aos homens, que seja necessário à vossa salvação." (Atos 4:12)

Infelizmente muitos católicos se comportam como se não estivessem contentes com Cristo apenas. Eles também clamam pelo nome de Maria ou por algum dos santos. Ora, Maria é a mãe do nosso Senhor segundo a carne, e todas as gerações a chamarão abençoada. Mas Maria não é o salvador ou o mediador. Maria não morreu na cruz como pagamento por nossos pecados. "Pois há um só Deus e também um só mediador entre Deus e os homens, um homem: Cristo Jesus, que se entregou como resgate por todos." (1 Timóteo 2:5-6)

Eu faço um apelo a todos os devotos de Maria para atentarem para a Palavra de Deus. Vocês não podem invocar o nome de Jesus e o nome de Maria para a salvação de suas almas. Só existe um nome pelo qual nós podemos ser salvos: o nome do Senhor Jesus Cristo. Certamente que nós devemos seguir o exemplo de Maria, colocando em Deus a nossa confiança para a salvação. Então, como ela, estaremos aptos para cantar: "Minha alma exalta o Senhor e meu espírito se encheu de júbilo por causa de Deus, meu Salvador." (Lucas 1:46-4

2/18/2016

Preparados para Servir
Imagine o seguinte cenário. Você está esperando uma cirurgia muito delicada no seu cérebro. Já procurou um hospital bem conceituado nesse ramo, e consultou um dos melhores cirurgiões do mundo, quem marcou a cirurgia tão crítica para a sua vida. No dia marcado, você já está na sala de cirurgia, esperando a chegada do cirurgião. De repente, uma enfermeira entra e explica que o cirurgião passou mal e não poderá realizar a sua cirurgia. Mas, para não perder a oportunidade, procurariam outro cirurgião para substituí-lo. Ela pede a sua compreensão, enquanto uma outra enfermeira procura alguém para fazer a cirurgia.
Ao mesmo tempo, a segunda enfermeira interrompe a apresentação de um colega a um grupo escolar fazendo excursão no hospital. Ela explica aos alunos: "Olhem, o problema é que Dr. Experiente passou mal, e precisamos de alguém para fazer a cirurgia no lugar dele. Alguns de vocês certamente já sonharam em ser grandes médicos. Alguém quer substituir o cirurgião hoje?" Um dos alunos levanta a mão e se encaminha para a sala de cirurgia, disposto a abrir a sua cabeça e começar a cortar o seu cérebro. O que você faria?
Agora pode acordar do pesadelo! Nem conseguimos imaginar uma coisa tão absurda. Uma pessoa totalmente despreparada fazendo cirurgia no cérebro de outra pessoa? Que idéia ridícula!
O que parece absolutamente ridículo no contexto de um hospital acontece com bastante freqüência em muitas igrejas hoje. Pessoas despreparadas são convidadas a pregar ou ensinar, e acabam assumindo responsabilidades sem ter condições de cumpri-las. O resultado pode ser pior do que uma cirurgia cerebral feita por um aluno do ensino médio. Ensinamento errado, sem base adequada nas Escrituras, pode ser eternamente fatal. Qualquer pessoa que abre a Bíblia e a sua própria boca tem a obrigação de se preparar para falar a verdade em amor (Efésios 4:15-16).
A Importância da Preparação
Quando nos entregamos a Deus, assumimos um compromisso de sermos fiéis a ele. Para cumprir a nossa obrigação de obedecer tudo que Jesus tem nos ordenado (Mateus 28:18-20), precisamos estudar para conhecer bem a palavra dele. Paulo disse a um irmão mais novo: "Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade" (2 Timóteo 2:15). Pedro escreveu a discípulos espalhados em vários lugares: "...santificai a Cristo, como Senhor, em vosso coração, estando sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir razão da esperança que há em vós..." (1 Pedro 3:15). Ser preparado para falar a outros faz parte da nossa devoção ao Senhor.

2/17/2016

A Bíblia




- 2Tm 3:16,17 "Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra."

Isto quer dizer que os autores humanos da Bíblia, usando suas próprias personalidades e estilos, compuseram e registraram, sem erro, as palavras e verdades de Deus sob a influência e direção do Espírito Santo.

O Trino Deus

As Escrituras ensinam que Deus é um e que, além dele, não existe outro Deus. No entanto, trata-se de uma unidade composta. Há três pessoas eternas e iguais entre si, idênticas em substância, mas distintas em existência. São elas: Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo.

- 2Co 13:13 "A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo sejam com todos vós."

Deus Pai

Deus é o criador e mantenedor de toda a criação. Ele formou o homem a Sua imagem e semelhança com o propósito de constituir uma família de muitos filhos iguais a Seu Filho Jesus, para a Sua gloria.

- Rm 8:29 " Porquanto aos que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos."

Tudo que se pode conhecer sobre Deus deve ser buscado nas Escrituras, pois é por meio delas que Ele escolheu se revelar aos homens.

Jesus Cristo

Antes de nascer em Belém, Jesus já existia. Por meio dele todas as coisas foram criadas, nos céus e na terra.

- Jo 1:1-5 "No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e, sem ele, nada do que foi feito se fez. A vida estava nele e a vida era a luz dos homens. A luz resplandece nas trevas, e as trevas não prevaleceram contra ela."

Mas, quando chegou a plenitude do tempo, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, para remir os homens que estavam sob a escravidão do pecado e, assim, reconciliá-los com Deus.

- Gl 4:4,5 "vindo, porém, a plenitude do tempo, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei, para resgatar os que estavam sob a lei, a fim de que recebêssemos a adoção de filhos."

É nisto que consiste o Evangelho.

- 1Co 15:3,4 "Antes de tudo, vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu pelos nossos pecados, segundo as Escrituras, e que foi sepultado e ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras."

O Espírito Santo

O Espírito Santo é Deus, co-igual com o Pai e o Filho. Ele teve uma participação ativa na criação.

- Gn 1:1,2 "No princípio, criou Deus os céus e a terra. A terra, porém, estava sem forma e vazia; havia trevas sobre a face do abismo, e o Espírito de Deus pairava por sobre as águas."

Na vida e obra de Jesus.

- Lc 1:35 "Descerá sobre ti o Espírito Santo, e o poder do Altíssimo te envolverá com a sua sombra..."
- Lc 4:1 "Jesus, cheio do Espírito Santo, voltou do Jordão e foi guiado pelo mesmo Espírito..."

E na redenção do homem.

- Jo 16:7,8 "... convém-vos que eu vá, porque, se eu não for, o Consolador não virá para vós outros; se, porém, eu for, eu vo-lo enviarei."

Foi Ele quem inspirou os escritores da Bíblia.

- 2Pe 1:21 "...porque nunca jamais qualquer profecia foi dada por vontade humana; entretanto, homens santos falaram da parte de Deus, movidos pelo Espírito Santo."

E quem concede dons espirituais à igreja para sua própria edificação.

- 1Co 12:4-11 "Ora, os dons são diversos, mas o Espírito é o mesmo. E também há diversidade nos serviços, mas o Senhor é o mesmo. E há diversidade nas realizações, mas o mesmo Deus é quem opera tudo em todos. A manifestação do Espírito é concedida a cada um visando a um fim proveitoso. Porque a um é dada, mediante o Espírito, a palavra da sabedoria; e a outro, segundo o mesmo Espírito, a palavra do conhecimento; a outro, no mesmo Espírito, a fé; e a outro, no mesmo Espírito, dons de curar; a outro, operações de milagres; a outro, profecia; a outro, discernimento de espíritos; a um, variedade de línguas; e a outro, capacidade para interpretá-las. Mas um só e o mesmo Espírito realiza todas estas coisas, distribuindo-as, como lhe apraz, a cada um, individualmente."

O Mundo Espiritual

O mundo espiritual é tão real e concreto quanto o mundo físico. Entre os seres que povoam este plano espiritual, estão os anjos. Eles estão em toda parte, invisíveis aos nossos olhos, mas atuando em favor dos filhos de Deus.

- Hb 1:7, 14 "quanto aos anjos, diz: Aquele que a seus anjos faz ventos, e a seus ministros, labareda de fogo... Não são todos eles espíritos ministradores, enviados para serviço a favor dos que hão de herdar a salvação?";
- Sl 91:11,12 "Porque aos seus anjos dará ordens a teu respeito, para que te guardem em todos os teus caminhos. Eles te sustentarão nas suas mãos, para não tropeçares nalguma pedra."

Satanás foi um anjo que, por orgulho, aspirou a ser “semelhante ao Altíssimo” e, por causa disso, foi lançado fora do céu juntamente com os anjos (demônios) que o seguiram.

- Is 14:12-15 "Como caíste do céu, ó estrela da manhã, filho da alva! Como foste lançado por terra, tu que debilitavas as nações! Tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu; acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono e no monte da congregação me assentarei, nas extremidades do Norte; subirei acima das mais altas nuvens e serei semelhante ao Altíssimo. Contudo, serás precipitado para o reino dos mortos, no mais profundo do abismo.";
- Ez 28:12-19 "Filho do homem, levanta uma lamentação contra o rei de Tiro e dize-lhe: Assim diz o SENHOR Deus: Tu és o sinete da perfeição, cheio de sabedoria e formosura. Estavas no Éden, jardim de Deus; de todas as pedras preciosas te cobrias: o sárdio, o topázio, o diamante, o berilo, o ônix, o jaspe, a safira, o carbúnculo e a esmeralda; de ouro se te fizeram os engastes e os ornamentos; no dia em que foste criado, foram eles preparados. Tu eras querubim da guarda ungido, e te estabeleci; permanecias no monte santo de Deus, no brilho das pedras andavas. Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado até que se achou iniqüidade em ti. Na multiplicação do teu comércio, se encheu o teu interior de violência, e pecaste; pelo que te lançarei, profanado, fora do monte de Deus e te farei perecer, ó querubim da guarda, em meio ao brilho das pedras. Elevou-se o teu coração por causa da tua formosura, corrompeste a tua sabedoria por causa do teu resplendor; lancei-te por terra, diante dos reis te pus, para que te contemplem. Pela multidão das tuas iniqüidades, pela injustiça do teu comércio, profanaste os teus santuários; eu, pois, fiz sair do meio de ti um fogo, que te consumiu, e te reduzi a cinzas sobre a terra, aos olhos de todos os que te contemplam. Todos os que te conhecem entre os povos estão espantados de ti; vens a ser objeto de espanto e jamais subsistirás.").

É sua missão destruir a humanidade, criada à imagem de Deus.

- Ef 6:11-13 "Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes ficar firmes contra as ciladas do diabo; porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes. Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, depois de terdes vencido tudo, permanecer inabaláveis.";
- 1Pe 5:8,9 "Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar; resisti-lhe firmes na fé, certos de que sofrimentos iguais aos vossos estão-se cumprindo na vossa irmandade espalhada pelo mundo."

O Homem

Feito à imagem e semelhança de Deus, ao homem foi dado o livre-arbítrio (poder de escolha). Apesar de usufruir as delícias do Éden e conviver em perfeita harmonia com o Criador, Adão e Eva, ao serem tentados, escolheram desobedecer (significado de pecado) a Deus. Em conseqüência, perderam a comunhão que possuíam com Deus e a vida eterna.

- Gn 3:17-19,23 "E a Adão disse: Visto que atendeste a voz de tua mulher e comeste da árvore que eu te ordenara não comesses, maldita é a terra por tua causa; em fadigas obterás dela o sustento durante os dias de tua vida. Ela produzirá também cardos e abrolhos, e tu comerás a erva do campo. No suor do rosto comerás o teu pão, até que tornes à terra, pois dela foste formado; porque tu és pó e ao pó tornarás... O SENHOR Deus, por isso, o lançou fora do jardim do Éden, a fim de lavrar a terra de que fora tomado.";
- 1Tm 2:14 "E Adão não foi iludido, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão."

Como representante da raça humana, Adão transmitiu a toda sua descendência as conseqüências do pecado, condenando toda a humanidade à morte.

- Sl 51:5 "Eu nasci na iniqüidade, e em pecado me concebeu minha mãe.";
- Rm 5:12 "Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram.").

A Doutrina da Salvação

Deus é santo por natureza, o que significa que Ele é justo em caráter e conduta.

- Sl 89:14 "Justiça e direito são o fundamento do teu trono; graça e verdade te precedem."

O pecado é uma afronta à honra e santidade de Deus. É rebelião contra Ele.

- Is 59:2 "Mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que vos não ouça."

Sua honra pede juízo contra aquele que lhe resiste; Sua justiça exige a satisfação da lei violada.

- Rm 2:5 "Mas, segundo a tua dureza e coração impenitente, acumulas contra ti mesmo ira para o dia da ira e da revelação do justo juízo de Deus..."

Jesus, no entanto, morreu pelos nossos pecados para que fôssemos perdoados e reconciliados com Deus.

- 2Co 5:18-21 "Ora, tudo provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação, a saber, que Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não imputando aos homens as suas transgressões, e nos confiou a palavra da reconciliação. De sorte que somos embaixadores em nome de Cristo, como se Deus exortasse por nosso intermédio. Em nome de Cristo, pois, rogamos que vos reconcilieis com Deus. Aquele que não conheceu pecado, ele o fez pecado por nós; para que, nele, fôssemos feitos justiça de Deus."

As Escrituras apresentam o arrependimento, a fé e o batismo nas águas como condições para esta reconciliação.

- At 2:38 "Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo."; Mc 16:16 "Quem crer e for batizado será salvo; quem, porém, não crer será condenado."

O Batismo nas águas

O batismo nas águas é um dos sacramentos que Jesus nos deixou (o outro é a Ceia do Senhor). É realizado em nome da Trindade como testemunho de fé pessoal em Cristo Jesus.Todos os que sinceramente se arrependem de seus pecados e crêem no Senhor Jesus são elegíveis para o batismo nas águas

- Mt 28:19 "Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo." .

O Batismo no Espírito Santo

O batismo no Espírito Santo é uma experiência à parte da conversão (não dependemos dele para a salvação) na qual o crente é cheio do Espírito Santo e recebe poder para testemunhar e servir. Cremos que a confirmação do Batismo no Espírito não é evidenciado apenas pelo dom de línguas.

- At 1:8 "mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo,..."

A Ceia do Senhor (consubstanciação)

A Ceia do Senhor é uma cerimônia instituída por Cristo Jesus na véspera de sua morte. Consiste na participação solene do pão e vinho em memória do sacrifício de Jesus na cruz pelos nossos pecados até que ele volte.

- 1Co 11:23-26 "Porque eu recebi do Senhor o que também vos entreguei: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão; e, tendo dado graças, o partiu e disse: Isto é o meu corpo, que é dado por vós; fazei isto em memória de mim. Por semelhante modo, depois de haver ceado, tomou também o cálice, dizendo: Este cálice é a nova aliança no meu sangue; fazei isto, todas as vezes que o beberdes, em memória de mim. Porque, todas as vezes que comerdes este pão e beberdes o cálice, anunciais a morte do Senhor, até que ele venha."

A Igreja

A Igreja é o corpo coletivo de Jesus à qual pertence todo verdadeiro crente, não importando a que denominação esteja filiado.

- Ef 1:22,23 "E pôs todas as coisas debaixo dos pés, e para ser o cabeça sobre todas as coisas, o deu à igreja, a qual é o seu corpo, a plenitude daquele que a tudo enche em todas as coisas.";
- Ef 4:4-6 "há somente um corpo e um Espírito, como também fostes chamados numa só esperança da vossa vocação; há um só Senhor, uma só fé, um só batismo; um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, age por meio de todos e está em todos."

É um organismo espiritual no qual se entra pelo batismo nas águas.

- 1Co 12:13 "Pois, em um só Espírito, todos nós fomos batizados em um corpo, quer judeus, quer gregos, quer escravos, quer livres. E a todos nós foi dado beber de um só Espírito."

A igreja local deve reunir-se regularmente para prestar culto, ter comunhão e receber instrução na Palavra.

- Hb 10:25 "Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns; antes, façamos admoestações e tanto mais quanto vedes que o Dia se aproxima.";
- 1Co 14:26 "Que fazer, pois, irmãos? Quando vos reunis, um tem salmo, outro, doutrina, este traz revelação, aquele, outra língua, e ainda outro, interpretação. Seja tudo feito para edificação."

Dons e Ministérios Espirituais

A igreja é comparada ao corpo humano porque ela tem características de um corpo físico. Num corpo há vários membros, cada um com a sua função. O mesmo pode ser dito da Igreja. Todos os membros do Corpo de Cristo são chamados para serem ministros. Todos têm uma função definida, que é essencial para o corpo como um todo.

- Rm 12:4-8 "Porque assim como num só corpo temos muitos membros, mas nem todos os membros têm a mesma função, assim também nós, conquanto muitos, somos um só corpo em Cristo e membros uns dos outros, tendo, porém, diferentes dons segundo a graça que nos foi dada: se profecia, seja segundo a proporção da fé; se ministério, dediquemo-nos ao ministério; ou o que ensina esmere-se no fazê-lo; ou o que exorta faça-o com dedicação; o que contribui, com liberalidade; o que preside, com diligência; quem exerce misericórdia, com alegria.";
- 1Pe 4:10,11 "Servi uns aos outros, cada um conforme o dom que recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus. Se alguém fala, fale de acordo com os oráculos de Deus; se alguém serve, faça-o na força que Deus supre, para que, em todas as coisas, seja Deus glorificado, por meio de Jesus Cristo, a quem pertence a glória e o domínio pelos séculos dos séculos. Amém!").

Estes dons são concedidos para a edificação da igreja e a propagação do Evangelho do Reino.

- Ef 4:11,12 "E ele mesmo concedeu uns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas e outros para pastores e mestres, com vistas ao aperfeiçoamento dos santos para o desempenho do seu serviço, para a edificação do corpo de Cristo."

Mordomia

Somos despenseiros de Deus, responsáveis pelo uso apropriado do tempo e dos recursos que Ele colocou sob o nosso cuidado. Reconhecemos que Deus é o verdadeiro dono de todas as coisas, e nós apenas usufrutuários da Sua propriedade. Demonstramos isto por meio do fiel serviço a Ele (dízimos e ofertas) e a nossos semelhantes (ajuda financeira e material)

- Ml 3:8-10 "Roubará o homem a Deus? Todavia, vós me roubais e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas. Com maldição sois amaldiçoados, porque a mim me roubais, vós, a nação toda. Trazei todos os dízimos à casa do Tesouro, para que haja mantimento na minha casa; e provai-me nisto, diz o SENHOR dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu e não derramar sobre vós bênção sem medida.";
- 1Jo 3:17 "Ora, aquele que possuir recursos deste mundo, e vir a seu irmão padecer necessidade, e fechar-lhe o seu coração, como pode permanecer nele o amor de Deus?"

Conduta Cristã

Somos chamados a sermos um povo santo que pensa, fala e age de acordo com os princípios da Palavra de Deus; que anda em novidade de vida e não se conforma com este mundo. Buscamos viver vidas retas não para que Deus nos aceite, mas porque Ele já nos aceitou por meio da obra expiatória de Jesus na cruz. Queremos agora andar com Ele em santidade.

- Rm 12:1,2 "Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.";
- 2Co 5:14,15 "Pois o amor de Cristo nos constrange, julgando nós isto: um morreu por todos; logo, todos morreram. E ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou.";
- 1Jo 2:6 "aquele que diz que permanece nele, esse deve também andar assim como ele andou.";
- Ef 4:17-32 "Isto, portanto, digo e no Senhor testifico que não mais andeis como também andam os gentios, na vaidade dos seus próprios pensamentos, obscurecidos de entendimento, alheios à vida de Deus por causa da ignorância em que vivem, pela dureza do seu coração, os quais, tendo-se tornado insensíveis, se entregaram à dissolução para, com avidez, cometerem toda sorte de impureza. Mas não foi assim que aprendestes a Cristo, se é que, de fato, o tendes ouvido e nele fostes instruídos, segundo é a verdade em Jesus, no sentido de que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe segundo as concupiscências do engano, e vos renoveis no espírito do vosso entendimento, e vos revistais do novo homem, criado segundo Deus, em justiça e retidão procedentes da verdade. Por isso, deixando a mentira, fale cada um a verdade com o seu próximo, porque somos membros uns dos outros. Irai-vos e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira, nem deis lugar ao diabo. Aquele que furtava não furte mais; antes, trabalhe, fazendo com as próprias mãos o que é bom, para que tenha com que acudir ao necessitado. Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, e sim unicamente a que for boa para edificação, conforme a necessidade, e, assim, transmita graça aos que ouvem. E não entristeçais o Espírito de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção. Longe de vós, toda amargura, e cólera, e ira, e gritaria, e blasfêmias, e bem assim toda malícia. Antes, sede uns para com os outros benignos, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus, em Cristo, vos perdoou."

A Segunda Vinda de Jesus

A volta de Jesus para estabelecer o Seu Reino na Terra é um dos temas mais importantes do Cristianismo.

- At 1:9-11 "Ditas estas palavras, foi Jesus elevado às alturas, à vista deles, e uma nuvem o encobriu dos seus olhos. E, estando eles com os olhos fitos no céu, enquanto Jesus subia, eis que dois varões vestidos de branco se puseram ao lado deles e lhes disseram: Varões galileus, por que estais olhando para as alturas? Esse Jesus que dentre vós foi assunto ao céu virá do modo como o vistes subir.";
- Ap 1:7 "Eis que vem com as nuvens, e todo olho o verá, até quantos o traspassaram. E todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Certamente. Amém!";
- Ap 19:11-16 "Vi o céu aberto, e eis um cavalo branco. O seu cavaleiro se chama Fiel e Verdadeiro e julga e peleja com justiça. Os seus olhos são chama de fogo; na sua cabeça, há muitos diademas; tem um nome escrito que ninguém conhece, senão ele mesmo. Está vestido com um manto tinto de sangue, e o seu nome se chama o Verbo de Deus; e seguiam-no os exércitos que há no céu, montando cavalos brancos, com vestiduras de linho finíssimo, branco e puro. Sai da sua boca uma espada afiada, para com ela ferir as nações; e ele mesmo as regerá com cetro de ferro e, pessoalmente, pisa o lagar do vinho do furor da ira do Deus Todo-Poderoso. Tem no seu manto e na sua coxa um nome inscrito: REI DOS REIS E SENHOR DOS SENHORES."

Cremos na volta de Cristo, no entanto, não nos atrevemos a descrever como será e ou quando será.

numeradas

SOS

SOS

Biblia online

Bíblia Online
Gadget feito do site Bíblia Online

Google+ Followers

banner Davi vence Golias